ARQUITETURA | PA01 | Casa | Paraty, RJ, 2009-10

Em busca de melhor qualidade de vida, um casal com filha pequena e plano de ter outro filho resolveu mudar-se de São Paulo para a cidade de Paraty. O programa de necessidades da família, o terreno de forma irregular, sua orientação solar e as qualidades do solo, aliados aos condicionantes de economia, mão-de-obra disponível e canteiro à distância, foram determinantes no desenho da construção. Para evitar a umidade do terreno, a casa foi suspensa. A estrutura em concreto aparente, tão logo desformada, recebeu o telhado cerâmico, em duas águas, com beirais largos. Assim, à sombra, os operários seguiram a modulação estrutural regular, que funcionou como gabarito de alvenarias, janelas e portas (dispostas a favorecer a ventilação cruzada). As instalações elétricas são aparentes. Armários, estantes guarda-roupas e bancadas foram executados em concreto armado. Revestimentos reduzidos ao mínimo.

FacebookTwitterEmail
PA01 | 2009 | ARQUITETURA